Demolição: conheça as causas e tipos

O ato de demolir não parece ser lá muito simples, não é? Isso porque o procedimento exige técnica e o manuseio correto dos equipamentos da obra, caso contrário, pode resultar em graves acidentes. Hoje você vai conhecer os diferentes métodos de demolição, causas, importância e muito mais!

Razões que causam uma demolição

Demolição significa retirar uma estrutura de um local para viabilizar novos trabalhos no mesmo espaço. Neste procedimento são tirados entulhos e outros resíduos para limpar o lugar. Somente assim é possível adequá-lo para novos fins.

Além desta razão, a demolição também é tida como uma medida de segurança, pois, quando uma estrutura apresenta riscos de desabamento, é com esse procedimento que se derruba uma construção de forma segura. Construções com muitos anos de utilização e que precisam de adaptações, reforço estrutural, alterações no projeto e até erros de projeto, também são causas de demolição.

A sua importância se deve a correção desses fatores e muitos outros, pois quando não corrigidos, ocasionam em edifícios desabados, desastres ambientais e riscos de vida.

Por causa disso, é preciso calcular como e onde quebrar para que não haja surpresas e acidentes, independente do tamanho da estrutura. Medidas que exigem serem feitas por profissionais da área. Como este serviço é utilizado para diversos fins é preciso identificar a melhor técnica a ser introduzida, a fim de obter êxito na atividade.

Tipos de demolição e finalidades

O método utilizado para demolir uma casa não é o mesmo usado para demolir uma empresa, por exemplo. Por isso, vamos entender os três tipos de demolição e onde se dão suas aplicações.

Demolição por implosão

Esta técnica consiste no uso de explosivos para destruir a base da estrutura. É usada para demolir edifícios, pontes e outras estruturas, principalmente em centros urbanos.

Demolição mecânica

Neste tipo de demolição são usados diferentes máquinas e equipamentos como guindastes, escavadeiras e miniescavadeira para auxiliar na derrubada completa ou parcial do local. Durante o procedimento são usadas pás e retroescavadeira para auxiliar na retirada do entulho. Assim como os demais procedimentos este exige mão de obra especializada.

Demolição manual

Em comparação com os outros tipos de demolição, a manual é a que mais leva tempo de conclusão e exige mão de obra. Neste procedimento são usadas ferramentas manuais e permite aos técnicos maior controle da atividade. Indicada para demolições de pequenos porte, e que não suportam o peso de grandes equipamentos, também é conhecida como demolição sustentável, porque permite reaproveitar partes de resíduos, quando em outras técnicas isso não seria possível, devido ao nível alto de destruição.

Demolição: um procedimento seguro

tipos de demolicao

Embora muitos ainda relacionam a demolição com desastres, feita de forma segura e bem planejada ela é uma técnica muito eficaz de resolver irregularidades em lugares.

Mas para isso, é preciso contar com empresas sérias do ramo da construção civil para exercer esta tarefa. A especialização e mão de obra qualificada são obrigatórias e darão garantia ao procedimento.

Agora se você busca equipamentos de qualidade para te auxiliar em um desses processos, conte com a gente da Degraus. Estamos presentes em 6 estados brasileiros ajudando grandes obras a serem concluídas com sucesso. Acesse nosso site e confira nosso catálogo completo de equipamentos de movimentação de terra para compra e aluguel.

Deixe seu comentário

Seu endereço não será publicado.