Conheça os tipos de bombas d’água e saiba como usá-los

A bomba d’água é um equipamento amplamente utilizado quando é necessário realizar a transferência de grandes volumes de água de um local para outro. Normalmente, ela é conectada a canos que viabilizam essa passagem e, além disso, possui a função de pressurizar a água. Existem muitos tipos de bombas d’água, por isso, nesse artigo vamos falar um pouco mais sobre esses modelos e quais são suas aplicações.

Tipos de bomba d’água: como escolher?

Para garantir um equipamento eficiente, é preciso se atentar às suas especificidades e planejamento de uso. Por exemplo, há bombas d’água recomendadas para transferir volumes de um poço artesiano para um reservatório; para realizar sucção da chuva em caso de inundações; para esgotamento de água; para auxiliar na irrigação e até mesmo para ajudar no pleno funcionamento de piscinas e hidromassagens.

Mas no final, como eu sei o tipo de bomba d’água que devo comprar? Abaixo, vamos explicar melhor sobre as opções disponíveis no mercado. Confira!

Bomba d’água submersa e submersível

Como o nome indica, esse tipo de bomba funciona dentro da água. Nesse caso, existem dois tipos: a submersa e a submersível. A primeira, é um modelo desenvolvido para funcionar durante todo o tempo de operação abaixo do nível da superfície, sendo popularmente utilizada em projetos de poço artesiano.

As bombas submersíveis, por outro lado, funcionam dentro da água por um período, mas depois, devem ser removidas para secarem e então serem guardadas. Por isso, são indicadas para o esgotamento de água pluvial ou esgotos, que apresentam detritos.

Bomba centrífuga

As bombas centrífugas são recomendadas, especialmente, para transferir um alto volume de água para reservatórios instalados em grandes alturas e para recalque de água em geral, como em fontes e cascatas. Esse tipo de bomba d’água pode também ser utilizado em regiões secas (acima do solo), além de ser indicado para a instalação da válvula de retenção, uma vez que a bomba funciona em locais com até sete metros de profundidade. Outro uso popular deste equipamento é para bombear líquidos no saneamento básico e na irrigação de propriedades agrícolas.

Bomba Autoaspirante

A bomba autoaspirante pode ser considerada um tipo centrífugo, já que funciona acima do solo também. No entanto, por ser capaz de encher a tubulação de sucção e ter sido feita para realizar a transferência de água impedindo seu retorno, ela não necessita de válvula de retenção. Elas são indicadas para poços ou reservatórios de até 80 metros de profundidade.

Bomba Periférica

Assim como a autoaspirante, a bomba periférica também é um modelo centrífugo. Ela é indicada para locais de até sete metros de profundidade e apresenta um ótimo desempenho no transporte de um baixo volume de água em alta pressão. Diferentemente do tipo anterior, ela depende da instalação da válvula de retenção para que a água retorne a sua origem ou reservatório.

Bomba Injetora

A bomba injetora é uma bomba de superfície e que trabalha em alta pressão, podendo puxar a água de 20 a 40 metros de profundidade. Para a sua instalação, dois tubos são essenciais: um de sucção e um injetor. Esse último é instalado ao final da tubulação de sucção (dentro do poço), dessa forma, uma quantidade de água bombeada para fora do poço retorna por meio da tubulação do injetor.

Cuidados na hora de comprar uma bomba d’água

Na hora de comprar a sua bomba, você deve se atentar a alguns fatores para garantir a melhor aquisição, como:

  • Diâmetro do poço/reservatório;
  • Profundidade do poço/reservatório;
  • Vazão do poço/reservatório que irá receber a bomba;
  • Potência da bomba;
  • Capacidade de bombeamento.

Não se esqueça de pesquisar bem as melhores marcas e verifique se elas oferecem assistência técnica na sua região.

E então, o que achou do nosso post sobre os diferente tipos de bombas d’água? Se gostou, compartilhe em suas redes sociais e mostre para os seus contatos os principais modelos de bomba d’água! Acompanhe nossas postagens toda semana e saiba mais sobre ferramentas elétricas, equipamentos e veículos para construção civil e seus usos.

Deixe seu comentário

Seu endereço não será publicado.