Como fazer instalação elétrica residencial

A instalação elétrica residencial é um dos serviços de infraestrutura mais importantes de uma obra e deve sempre ser feito por profissionais capacitados e com os equipamentos adequados. Além disso, é fundamental seguir as normas e regulamentos da ABNT, pois eles garantem a segurança e resultados positivos. A NBR 60669 aplica-se aos interruptores para corrente alternada, já a NBR 5431 às caixas e invólucros para acessórios elétricos. Além delas, existem dezenas de outras normas que de como fazer instalação elétrica, ou seja, como instalar e colocar em funcionamento o conjunto de componentes elétricos que possibilitam a utilização da energia elétrica.

Continue a leitura e acompanhe um projeto elétrico residencial passo a passo.

Como fazer instalação elétrica residencial

O primeiro passo para a instalação elétrica residencial, é a análise da planta baixa residencial para o cálculo do perímetro e a área de cada ambiente. Assim, será possível determinar a quantidade de iluminação e de tomadas por cômodo, o início de qualquer projeto elétrico residencial. O passo seguinte é a previsão de cargas e cálculos, que se baseiam nas necessidades dos moradores e na utilização dos cômodos da casa.

O esquema elétrico residencial varia para ambientes como cozinha, que exigem maior potencial pela quantidade de equipamentos que serão conectados à rede elétrica e serão usados continuamente. Paralelamente, são definidos os pontos de iluminação e tomadas para a correta distribuição de cargas.

Instalação Residencial

Seguindo a instalação elétrica residencial passo a passo, chegou o momento da definição dos locais em que serão colocados os interruptores e a iluminação. Siga as determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para essa definição. A próxima etapa é a especificação dos tipos e quantidades de eletrodutos e condutores, que são os fios por onde a corrente elétrica passa. Assim, um eletricista poderá realizar a ligação de energia elétrica residencial da forma adequada. Um ramal de ligação é conectado ao medidor, que é ligado ao quadro de distribuição residencial. Dele, derivam os circuitos com condutores fase, neutro e terra. Assim a instalação elétrica residencial quadro de distribuição é feita de forma adequada, segura e eficaz.

Agora que você já sabe como instalação elétrica residencial, separamos algumas dicas importantes!

Faça a locação de equipamentos e corte custos

Equipamentos como cortadora de parede, serras elétricas e andaimes são importantes para projetos de instalação elétrica residencial, porém adquirir esses materiais significa um alto investimento. A locação é uma alternativa econômica e eficaz para reduzir custos e ter equipamentos de última geração.

Quadro de medição acessível

Ao instalar o quadro de medição, certifique-se que ele está em um lugar acessível para os moradores da residência e os técnicos das companhias de energia realizarem a verificação.

Equipamentos de segurança

Quando se trata de corrente elétrica, o uso de equipamentos de segurança é fundamental.

Materiais de qualidade

Assim como os profissionais envolvidos devem ser capacitados e fazer o uso de equipamentos de segurança, é fundamental que os materiais aplicados sejam de qualidade. Além da segurança na instalação elétrica residencial, isso garante a durabilidade e evita acidentes posteriores.

Agora você já sabe tudo sobre instalação elétrica residencial saiba mais como economizar na sua obra.

Deixe seu comentário

Seu endereço não será publicado.