Como escolher terreno: 5 dicas para facilitar o seu investimento

Está pensando em comprar um terreno para construir a casa dos seus sonhos? Ou talvez um novo empreendimento? Se a resposta foi sim, leia esse artigo que ele vai te ajudar em uma das tarefas mais importantes: como escolher um terreno ideal? Quando somos inexperientes no assunto, é difícil saber com o que se preocupar e, às vezes, podemos fazer uma escolha equivocada. Para te ajudar, separamos 5 itens que devem ser analisados antes da compra, confira! Além disso, temos um outro conteúdo que é bem interessante: saiba como nivelar terreno!

5 dicas para escolher terreno

Antes de começar as 5 orientações, o nosso time preparou um bônus: antes de escolher, considere o local do terreno, principalmente se tiver a chance de comprar em bairros planejados – esses lugares oferecem lotes mais regulares que os comuns. Dito isso, vamos para as outras dicas!

1º Dica: determine se o terreno será plano ou em desnível

Muitas pessoas pensam que comprar um lote em desnível é algo ruim, mas não é bem assim. Em alguns casos, esse tipo de terreno oferece possibilidades interessantes de construção – como uma casa com garagem no subsolo, por exemplo. Considere também que, por ser em um local acidentado, o lote pode estar mais barato. Dependendo do projeto de sua casa, o terreno em desnível pode ser bem vantajoso!

2º Dica: cheque o tipo de solo

Nessa etapa, você pode ter que gastar um pouquinho, mas é fundamental verificar o tipo de solo do terreno. O que isso quer dizer? Precisamos ver se o solo permite uma fundação mais simples e barata, ou se será necessário gastar mais com isso. A melhor alternativa para não errar aqui é contar com uma sondagem que faz o perfil do terreno e determina em que camadas estão os solos adequados para o alicerce.

Se ainda está no começo das buscas, veja essas orientações:

  • Verifique se há muitas pedras na superfície do terreno, se sim, será preciso fazer uma fundação mais profunda e cara;
  • Cheque se há proximidade com rios ou cursos d’água, tubulações e córregos – saiba que solos alagados aumentam o custo da fundação;
  • Pergunte aos vizinhos que tipo de fundação eles adotaram.

Essas atitudes ajudam a checar o tipo de terreno, mas na dúvida, a melhor alternativa é contar com ajuda profissional.

3º Dica: pesquise a localização com antecedência

Lembra que citamos como um bairro planejado é mais adequado? Os motivos são simples: eles são vantajosos por conta da infraestrutura local, como luzes externas, ruas asfaltadas e terrenos inspecionados. Contudo, além destes detalhes, é importante se atentar na localização dele em relação aos vizinhos. Imagine o que as outras pessoas podem construir ao seu redor e qual terreno tem menos chances de ser impactado por isso.

4º Dica: converse com um engenheiro

Antes de escolher e comprar o terreno, é indicado uma conversa com o responsável pela sua obra. Ele te ajudará a entender se a posição do terreno está apropriada para o seu projeto, analisando detalhes como: luz do sol, espaço e se a rua é alta ou não.

5º Dica: escolha o terreno ideal para a sua casa!

Algumas vezes, pensando na economia, optamos por comprar um terreno menor do que deveríamos. Portanto, pense calmamente sobre o tamanho da casa que você pretende construir e veja quais dos lotes disponíveis estão mais condizentes ao seu projeto.

Não esqueça: o terreno é o alicerce da sua casa, escolha bem para evitar problemas no futuro!

O que achou do nosso artigo sobre como escolher terreno? Conseguiu entender melhor como resolver esse problema? Não deixe de acompanhar o nosso blog para receber mais esse tipo de conteúdo.

Nos vemos no próximo artigo!

Deixe seu comentário

Seu endereço não será publicado.